http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/10/IMG_7591-copy-990x556.jpg

Cuiabá, segunda, 17 de junho de 2019

CAIXA 2

Desembargadora alega suspeição e não será relatora de recurso de selma

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS

Reprodução

Desembargadora do Tribunal Regional Eleitoral, Marilsen Andrade Addario, decidiu se afastar da relatoria do recurso impetrado pela senadora Selma Arruda (PSL) que tenta reverter a cassação de seu diploma. De acordo com a magistrada, ela seria suspeita para a função por ter participado do julgamento que afastou a ex-juíza do cargo .

“[…] torna-se incompatível a atuação direta neste momento processual , uma vez que deverá presidir a sessão de julgamento dos embargos, não cabendo, assim, relatá-los”, diz a decisão do dia 4 de junho.

Com isso, ação foi encaminhada ao desembargador substituto Sebastião Barbosa Farias.

Selma Arruda foi cassada no dia 10 de abril, em votação unânime, na qual os desembargadores seguiram o voto do relator Pedro Sakamoto, que a condenou por abuso de poderr uso de caixa 2.

Marilsen Addario presidiu a sessão.

Além de Selma, são réus na ação os suplentes Gilberto Possamai e Clerie Fabiana, ambos do PSL. Eles também foram cassados e estão inelegíveis por 8 anos


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 11 de junho de 2019 às 17:29:39
  • 11 de junho de 2019 às 17:28:48

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *