https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/05/7af909bd-4d6a-4501-878a-0d9ab85d71e3-1-e1559159338356.jpg

JOGO DO BICHO

Arcanjo é levado para Acadepol e passa por audiência de custódia

Reprodução

Bicheiro João Arcanjo preso na manhã desta quarta-feira (29) deixou a sua residência em uma viatura descaracterizada da Polícia Civil por volta das 9h, no bairro Boa Esperança, em Cuiabá.  Ele foi encaminhado para Academia de Polícia Judiciária Civil (Acadepol).

Ele cumpria pena em casa há 1 e 4 meses, desde que conseguiu a progressão do regime para semiaberto em fevereiro de 2018. Arcanjo é alvo da Operação Mantus que apura envolvimento com jogo do bicho. Esta é a 2º vez que ele é preso pelo mesmo crime.

Agentes da Polícia Civil da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Delegacia Fazendária (Defaz) chegaram à residência de Arcanjo por volta das 6h. O Grupo de atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) e a Polícia Federal deram apoio na operação.

Durante a ação foram apreendidos pelo menos R$ 200 mil em espécie.

Também oram cumpridos 63 mandados judiciais, 33 de prisão e 30 de busca e apreensão, expedidos pelo juiz Jorge Luiz Tadeus, da 7ª Vara Criminal.

Arcanjo deve passar pelo Instituto Médico Legal (IML) para realizar o exame de corpo de delito para então passar pela audiência de custódia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais