https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/WhatsApp-Image-2019-07-22-at-22.43.40.jpeg

CAMPANHA DE 2014

“Fizemos uma campanha modesta, grampeada e enfrentando poderosos”

Reprodução

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT), entrevistado na noite desta segunda-feira (22), no programa “Emparedado”, da TV Gazeta, canal 19.1, disse que não fez diferença, na sua campanha ao Governo do Estado em 2014, não ter tido o apoio do então governador Silval Barbosa (sem partido) e do senador Blairo Maggi (PP).

De acordo com o petista, os dois fecharam apoio ao candidato adversário, Pedro Taques (PSDB), senador naquele momento.

“Fizemos uma campanha bastante modesta, grampeada, sem recurso e enfrentando poderosos interesses econômicos, que colocaram na campanha do nosso adversário mais de R$ 30 milhões, que conseguiu colocar numa mesma mesa Silval Barbosa, Blairo Maggi, Pedro Taques e Mauro Mendes para não deixar Lúdio ganhar a eleição”.

O parlamentar ainda foi ácido ao criticar a permanência de Rogério Gallo na Secretaria de Fazenda, já que o gestor comandou a Sefaz no período de Pedro Taques. “Esse Governo é a continuidade da gestão Pedro Taques”, cutucou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 23 de julho de 2019 às 08:28:53
  • 23 de julho de 2019 às 08:28:26