https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/26c8f46d6d7a3428f584c33bd5f6f849.jpg

ELEIÇÃO 2020

Irmãos não têm mais tutela e partido não caminhará com prefeito

Marcus Mesquita

O DEM não deve mesmo estar na base do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), na eleição municipal do ano que vem.

O presidente da legenda em Mato Grosso, Fabio Garcia, já deixou claro que o partido não vai apoiar Emanuel.

A fala de Garcia, de forma contundente, tem o amparo do governador Mauro Mendes (DEM), ou seja, falam a mesma língua.

Porém, Pinheiro espera conseguir guarida do Democratas pelos irmãos Campos, Júlio e o senador Jayme.

A notícia “ruim” para o prefeito é que os irmãos não são mais considerados os donos da sigla.

Com a liderança de Mendes, por ser o chefe do executivo estadual, o DEM deve ter candidato próprio, apostando em Gilberto Figueiredo (secretário de Saúde), ou na vice de outra candidatura que seja oposição ao emedebista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 28 de julho de 2019 às 12:02:56
  • 28 de julho de 2019 às 12:00:19