https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/d8cb102f3fbce67be8be1a593f99c586.jpg

MELHORIAS

Restaurante Popular é reformado e reabre nos próximos dias

Marcos Vergueiro

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh), suspendeu temporariamente o funcionamento do Restaurante Popular para reforma e readequação da Unidade. As obras foram iniciadas no início desta semana com previsão de reabertura da unidade nos próximos dias.

Paralelo a isso, uma nova licitação foi realizada, por meio da modalidade Pregão Presencial, e a Empresa Eco & Sapore Fornecimento de Alimentos Eireli foi a vencedora do contrato de prestação de serviços e fornecimento de refeições a preços populares em forma de bandejão. O valor contratual foi de R$ 3.035.724,00 (Três milhões, trinta e cinco mil, setecentos e vinte e quatro reais). O resultado foi divulgado no Diário Oficial desta terça-feira (30).

O Restaurante Popular fornece diariamente almoço com preço acessível e um cardápio balanceado elaborado por nutricionistas. Por apenas R$ 3, qualquer cidadão, sem restrição de renda ou cadastro em algum programa pode ter acesso. Segundo levantamento, em média são fornecidas 1.200 refeições diárias.

Todos os dias são servidos arroz, feijão, salada e carne (com a opção de carne branca ou vermelha) acompanhado de suco e sobremesa. Esse valor é de uma refeição, caso a pessoa queira repetir tem que pagar novamente o valor.

“Trabalhamos sempre para oferecer um serviço de excelência a população cuiabana que usufrui dos serviços ofertados pela administração pública do Município. Em breve o Restaurante Popular estará em funcionamento novamente com a mesma qualidade de sempre”, disse o secretário municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho.

O Restaurante Popular funciona de segunda a sexta-feira, das 11 às 14 horas e fica na Rua Barão de Melgaço, nº 3.161, bairro Centro, Cuiabá-MT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 31 de julho de 2019 às 10:14:25
  • 31 de julho de 2019 às 10:13:35