https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/WhatsApp-Image-2019-08-01-at-23.02.36-1.jpeg

GOLPISTA

Fiscal da Sema é preso após cobrar propina de madeireiros em MT

PJC/MT

N. J. da S. J., de 47 anos, foi preso pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil,  que se passava por servidor da Secretaria do Meio Ambiente (Dema) e cobrava propina para liberar cargas de madeira apreendida.

O suspeito foi autuado na quarta-feira (31.07) por crime de estelionato, após ser denunciado pelo dono de uma madeireira que teve uma carga apreendida.

 A descoberta do falsário ocorreu durante abordagem de um caminhão, na região do Distrito de Nossa Senhora da Guia, que transportava madeira, com prazo de validade vencido na guia de transporte.

O caminhão foi levado para o pátio da Dema, quando no trajeto o dono da carga compareceu e acompanhou os policiais até a Delegacia, onde acabou revelando que era extorquido por um suposto fiscal da Sema, inclusive apresentou alguns áudios em que estavam em seu aparelho celular.

Na quarta-feira (31), a vítima relatou aos policiais que o falso fiscal havia novamente cobrado para resolver “pendências” referente a guia de transporte da carga apreendida.

A vitima foi instruída pelos policiais a marcar um encontro, momento que o suspeito foi abordado pelos policiais, em um posto de combustível,  na capital.

Dentro do carro do suspeito, foram encontrados vários documentos públicos com nomes da Sema, comprando a falsidade do suspeito, que não pertence ao quadro de servidor da Secretaria de Meio Ambiente.

O dono da madeireira contou aos policiais que chegou a pagar R$ 18 mil ao suspeito para liberação de outra carga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 5 de agosto de 2019 às 08:32:54
  • 2 de agosto de 2019 às 09:49:41