https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/thumbs32-e1567017884316.jpg

CÂMARA DE CUIABÁ

CPI do paletó deve ser reaberta com dois novos membros na comissão

Reprodução

Após o vereador Diego Guimarães (PP) entrar na Justiça contra um ato do então presidente da Câmara de Cuiabá, Justino Malheiros (PV), ao incluir, depois do prazo regimental, dois representantes da base do prefeito na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), ele cobrou do atual presidente do Poder Legislativo Municipal, Misael Galvão (PSB), a inclusão dos dois novos vereadores para compor a comissão de investigação. O mandado de segurança foi acolhido pela Justiça e a CPI contará com dois novos integrantes.

“O que nós esperamos, de uma forma muito ansiosa, é que o presidente (vereador Misael Galvão PSB), cumpra a decisão judicial, o quando antes, e que nós possamos ter muito em breve, a retomada da CPI que investiga o vídeo em que o prefeito é flagrado pegando dinheiro e colocando no seu paletó”, disse Diego Guimarães.

Esse inquérito investiga a conduta do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), no episódio em que foi gravado em áudio e vídeo recebendo volumes de dinheiro e colocando nos bolsos do paletó.

Agora volta a correr o prazo de 120 dias de investigação. Novas provas podem ser produzidas, aquelas que já foram podem ser reafirmadas, quem já foi ouvido, pode ser ouvido novamente e também oitiva de novas testemunhas.

“O Poder Judiciário reconheceu uma irregularidade, uma manobra na composição da CPI, e determinou que fosse recomposta com dois novo membros retirando Adevair Cabral (PSDB) e Mario Nadaf (PV), e colocando os membros, aqueles que iniciaram assinaram o requerimento e que fosse dados os reinícios dos trabalhos”, complementou Diego.

Os vereadores que assinaram inicialmente o requerimento são: Marcelo Bussiki (PSB), Diego Guimarães (PP), Abílio Junior (PSC), Felipe Welaton (PV), Dilemário Alencar (PROS), Sargento Joelson (PSC), Toninho de Souza (PSD).

Desses sete vereadores, tirando Bussiki, dois devem ser escolhidos pelo presidente da Casa para compor essa nova comissão.

Assim que for decidido os dois novos membros, a CPI vai se reunir para definir um planejamento de trabalho, um cronograma de oitivas de testemunhas e produção de provas.

Dentre essas novas provas, o prefeito Emanuel pode ser chamado, e seu irmão, Marco Polo de Freitas Pinheiro, conhecido como Popo Pinheiro, devem ser ouvidos, já que o dinheiro, segundo Emanuel, era para pagar uma dívida do irmão dele.

Veja Mais

Um comentário em “CPI do paletó deve ser reaberta com dois novos membros na comissão”

  1. Jurema disse:

    toninho e joelso, pode anotar, tá no bolso.. hahahaha

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO