https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/f338952dd78b3629b1612e36024ba32d.jpg

'AGÊNCIA DE VIAGENS'

Estelionatários são presos em Tocantins por aplicar o mesmo golpe que em Cuiabá

TV Anhanguera

Ex-donos da Visa Agência de Viagens e Assessoria de Vistos foram presos, na manhã desta quinta-feira (03), na cidade  de Palmas, Tocantins, suspeitos do crime de estelionato. Uma das vítimas afirma ter sofrido prejuízo de aproximadamente R$ 15 mil.

Ivan Wellinton Iensen da Silva, de 30 anos, e Dagma Dantas Alves Iensen de 40 anos, mantinham uma agência que funcionava na Avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá,

A dupla foi encontrada após a imprensa local publicar notícias sobre turistas que sofreram com os mesmos golpes ocorridos na Capital. Ivan e Dagma tinham uma nova agência chamada viagens Milhas Top Palmas.

Segundo o processo que tramita na 3ª Vara Criminal de Cuiabá, o casal foi acusado inicialmente por crimes contra as relações de consumo, por aplicar golpes em clientes que compravam pacotes de viagens na Visa.

Eles usavam nomes de agências de viagens conhecidas nacionalmente para vender seus produtos, mas que após o pagamento e o contrato firmado, não se tinha mais informações sobre as passagens e hospedagem.

A vítima que move o processo em Mato Grosso relata que comprou um pacote de viagem, inclusos, passagens aéreas de Cuiabá/MT a Rio de Janeiro/RJ.

Após contrato assinado e pagamento feito, as vítimas não tiveram mais notícias sobre as reservas da hospedagem e nem o valor do pagamento restituído após o cancelamento do pedido.

A Justiça do Tocantins, que também investiga os acusados, recebeu denúncia de dezenas de turistas que compraram pacotes de viagens com a Milha Top, com destinos no Brasil e exterior, pois, as passagens não haviam sido emitidas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 4 de outubro de 2019 às 18:52:01
  • 4 de outubro de 2019 às 14:10:13