https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/14310404102019_Cancer_de_Mama_e_Ultero___CHC__50_.jpg

CAMPANHA

‘Dia D’ mobiliza colaboradoras do Complexo Hospitalar

DIALUM ASSESSORIA

Muito além do laço rosa sobre a roupa, o Complexo Hospitalar de Cuiabá (CHC) promoveu durante um dia todo palestras, relatos pessoais e interações de humor com objetivo de chamar atenção das colaboradoras que trabalham no hospital, para o real sentido do ‘Outubro Rosa’. Desde 2002, a campanha foi estabelecida no calendário do Ministério da Saúde e ganhou notoriedade em todo país.

O ‘Outubro Rosa’ é um dos movimentos de conscientização mais engajados dentro das organizações e empresas. A diretora presidente do CHC, Elê Kuhn, declara que o hospital visa promover atividades para auxiliar na prevenção de doenças como o câncer de mama e colo de útero, além de zelar pela saúde de toda equipe.

“Esse é um movimento internacional e nós iniciamos a nossa campanha interna com as nossas colaboradoras para auxiliar na prevenção do câncer de mama e colo do útero. Foram três horários com informação e interação com o objetivo de propagar a importância desse autocuidado que todas nós mulheres devemos ter”, afirma.

O 1º de outubro foi marado pela palestra de membros da Associação MT Mamma – Amigos do Peito – que ampara e promove lazer para as mulheres acometidas com câncer de mama, Dr. Luiz Barcelos – Cirurgião Oncológico, relato pessoal de Vera Maciel que passou pela doença, oficina de automaquiagem, além da participação da personagem “Almerinda”, interpretada pelo ator André de Lucca,  para proporcionar informação com humor.

Marli de Cerqueira, voluntária do MT Mamma, comenta que as atividades da associação são desempenhadas com o objetivo de auxiliar a prevenção e combate do câncer. “Nós percebemos que sempre quando levamos relatos e informação sobre o câncer de mama nas empresas, instituições de saúde como essa, nós tocamos as pessoas e isso já auxilia na prevenção porque temos que promover o autocuidado”, destaca.

Mesmo com o panorama de ampla divulgação, a desinformação em relação a doença, ao tratamento e o diagnóstico ainda é muito alta. De acordo como Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é uma das principais causas de morte das mulheres no Brasil, somente em 2017 foram 16.724 vítimas dessa doença. As estatísticas apontam que são 59.700 novos casos por ano no Brasil.

A personagem “Almerinda” reforçou durante o momento interativo que abraçar essa causa é proporcionar um pouco de humor para facilitar a compreensão desse assunto tão sério. “Estamos aqui dando risada, mas temos que dar atenção para o câncer de mama e colo de útero, porque é um assunto muito sério. Sempre que possível vamos buscar ir ao médico, fazer o autoexame que auxilia no diagnóstico”, aponta.

Em estágio inicial o câncer de mama não apresenta sintomas, mas é importante estar alerta a algumas alterações como: inchaço da mama, pele enrugada como uma casaca de laranja, pele descamativa ao redor do mamilo, secreção espontânea. O câncer de mama é uma doença altamente tratável e possui altas chances altas de cura.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *