https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/05/prefeitura-de-VG.jpg

ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Servidora da prefeitura de VG é presa suspeita de abusar de menores

Reprodução

A servidora da Prefeitura de Várzea Grande, Ingridi Keliany Gomes da Silva, de 23 anos, foi presa acusada de participação no estupro de um menor de 14 anos.

A ordem de prisão foi expedida pela 4ª Vara Criminal de Várzea Grande. No entanto, o caso tramita em segredo de Justiça.

O mandado de prisão contra Ingridi foi cumprido no dia 24 de outubro pela Polícia Civil.

De acordo com as investigações, ela teria aliciado menores para manter relações sexuais com outra pessoa.

Caso as acusações contra sejam comprovadas, Ingridi pode responder por estupro de vulnerável, cuja pena é de oito a 15 anos de prisão.

A Prefeitura de Várzea Grande informou que servidora foi afastada do cargo.

Ingridi trabalhava na Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Espote e Lazer. Ela também prestava serviços à Secretaria de Comunicação.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 8 de novembro de 2019 às 14:22:24