https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/flickr-bolsonaro-09082019100416268.jpeg

EM MATO GROSSO

Bolsonaro aponta participar de eleição e apoiará "nome bom"

Marcos Corrêa

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), sinalizou durante live no Facebook nesta quinta-feira (23) que deve apoiar algum candidato na eleição suplementar ao Senado que será realizado no dia 26 de abril, em Mato Grosso.

Contudo, Bolsonaro demonstrou cautela alegando que aguarda um “candidato bom” para bater o martelo.

“Se tiver um bom candidato em Mato Grosso, a gente vai lançar esse candidato nosso, se nosso partido [Aliança pelo Brasil] tiver formado a gente lança esse candidato nosso. Se não tiver formado o partido, se aparecer um candidato bom ali a gente apoia”, disparou.

Contudo, Bolsonaro não poderá lançar candidatura própria pelo seu partido Aliança Pelo Brasil, que ainda precisa coletar no mínimo 500 mil assinaturas e estar registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral com no mínimo 6 meses de antecedência ao pleito.

Desde que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) oficializou a cassação da Senadora Selma Arruda (Podemos) por prática de caixa dois e abuso de poder econômico, 19 partidos políticos com 27 pré-candidaturas manifestaram interesse no pleito.

Entre eles, o vice-governador Otaviano Olavo Pivetta (PDT), o ex-governador Júlio Campos (DEM), o deputado estadual Dilmar Dal’Bosco (DEM), o chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e a prefeita de Várzea Grande,  Lucimar Campos (DEM).

“Agora não é quem chegar na frente não, porque eu sei que tem uns 20 candidato ao Senado já em Mato Grosso”, finalizou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 24 de janeiro de 2020 às 20:07:31