https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/02/screencapture-saude-estadao-br-noticias-geral-hong-kong-isola-cachorro-apos-teste-positivo-de-coronavirus-infeccao-ainda-nao-foi-confirmada-70003213684-2020-02-28-13_28_18-1.png

HONG KONG

Cachorro é isolado após teste dar positivo para coronavírus; infecção ainda não foi confirmada

NOEL CELIS/ AFP

As autoridades de saúde de Hong Kong decidiram isolar um cachorro, que pertencia a um paciente diagnosticado com coronavírus, após testes feitos em suas cavidades nasal e oral terem detectado a presença do vírus no animal.

Ele destacaram, no entanto, ainda não ter evidência de que a transmissão possa ocorrer para animais.

O cachorrro não tinha nenhum sintoma da doença.

O Departamento de Agricultura, Pescados e Conservação (AFDC, na sigla em inglês) de Hong Kong disse que vai conduzir novos testes para confirmar se o cachorro foi infectado com o vírus ou se as amostras foram positivas apenas por contaminação pelo ambiente.

“No momento, o AFDC ainda não tem evidências de que animais de estimação possam ser infectados ou de que eles possam ser uma fonte de transmissão para pessoas”, disse o órgão.

O cachorro vai ficar em quarentena por duas semanas. A Organização Mundial da Saúde afirma em seu site oficial que ainda não há evidências de que animais de estimação possam ser infectados com o coronavírus.

Até esta sexta-feira, Hong Kong já havia confirmado 93 casos de infecção do coronavírus, com duas mortes.

coronavírus cachorro

EFE/EPA/Tino Romano

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 28 de fevereiro de 2020 às 17:42:28