https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/03/WhatsApp-Image-2020-03-04-at-16.22.18.jpeg

NOTA B DE CUIABÁ

Emanuel rebate crítica e diz para Mauro Mendes: aceita que dói menos

Mato Grosso Mais

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), acaba de mandar recado ao governador Mauro Mendes (DEM), durante coletiva de imprensa, na sede do Governo Municipal, antes da assinatura de contrato que assegura a contratação da operação de crédito para a construção da Avenida Contorno Leste, na tarde desta quarta-feira (4).

Reticente no comentário, Pinheiro disse para o chefe do executivo estadual: aceita que dói menos. O prefeito retrucou a fala de Mendes que classificou como “muito estranho” o município de Cuiabá ter conseguido avaliação B de Capacidade de Pagamento (CAPAG), realizada pelo Tesouro Nacional, na semana passada.

“Eu achei muito estranho esse negócio. Como diz o outro: vamos ver os próximos capítulos”, disse o chefe do executivo estadual em tom de provocação ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

Mendes fez o comentário ao ser questionado na última segunda-feira (2), após assinatura de convênio com a concessionária de energia elétrica do Estado (Energisa), que prevê a aplicação de R$6,6 milhões em ações de eficiência energética nos órgãos públicos estaduais, e em sete municípios do médio-norte, na sede do Palácio Paiaguás.

A análise feita pelo Tesouro Nacional leva em consideração os indicadores Endividamento, Poupança Corrente e Liquidez, sendo que em dois deles a Capital foi apreciada como A e em outro como B.

Dessa forma, na média geral, Cuiabá ficou com B, índice considerado positivo.

A partir do estudo da receita e despesa corrente, a CAPAG é responsável por avalizar a situação fiscal dos Estados e Municípios que pleiteiam contrair empréstimos com a garantia da União.

Seguindo o diagnóstico, é possível mensurar se a realização de uma operação de crédito representa algum risco para os cofres públicos. O cálculo é efetuado em concordância com as definições da Portaria STN nº 882/2018.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 4 de março de 2020 às 20:26:33