https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/04/Sem-título-15.png

CORONAVÍRUS

Secretário de Saúde vê colapso eminente dos leitos de UTIs em MT

Reprodução

O secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse que Mato Grosso já pode estar vivendo em um estado de colapso do Sistema Único de Saúde, nos leitos reservados para atendimento específico para tratamento do novo Covid-19. A declaração foi dada em coletiva online na manhã desta terça-feira (06).

“Por que, que nós não podemos admitir que já colapsou? Por que se nós sabemos que vamos receber uma demanda, de um número de pacientes que não vão encontrar leitos de UITs, nos próximos dias, ou talvez, até nas próximas horas. Qual é o momento exato que tem que falar que já colapsou?”, indagou o secretário.

Gilberto não vê um senário animador e diz que já colapsou, para ele, os casos só vão crescer neste segundo semestre, e acredita que nem chegamos perto do pico da pandemia, e estamos um pouco distantes disso.

“Então não nos enganemos, já colapsou! Porque o número de pessoas que estão hoje entre o estado grave e o estado crítico vão aumentar, e o estado crítico precisa de um leito de UTI, então, vai gerar um desconforto grande e, por conseguinte, nós vamos ter uma dificuldade na rede hospitalar”, alertou Gilberto.

Criticando a flexibilização que vem ocorrendo e a falta de consciência das pessoas e também, até citando o fato do Governo Federal turvar os números das Covid nacionalmente, o secretário muito desanimado e até um pouco irritado, não vê um futuro próximo muito confortável.

“Os casos vão crescer, eu não tenho infelizmente, gostaria de ter um prognóstico otimista, mais nesse momento eu não tenho. Eu preciso ser franco com a população, assim como a população está exigindo transparecia nos números no Brasil”, finalizou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 9 de junho de 2020 às 17:15:02