https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/06/zecoletiva1606-640x390-1.jpg

STOP LOSS

Zé do Pátio disse que recebeu com estranheza e que a operação foi desumana

O prefeito Zé do Pátio disse que recebeu com estranheza a operação realizada pela Delegacia Regional de Rondonópolis e a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção. A Operação Stop Loss, investiga as dispensas ilegais de licitação na aquisição de produtos utilizados no combate ao Coronavírus.

A declaração foi dada em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (16). O gestor ainda chamou a ação da polícia de desumana, devido os policiais terem ido até a casa da secretária de saúde, que foi diagnosticada com coronavírus.

Na visão do prefeito, não seria necessária uma operação desta magnitude, pois bastava a polícia solicitar a documentação que a Prefeitura teria concedido. Zé disse que recebeu a operação com estranheza e que irá averiguar os custos da ação policial.

Mas pasmem, para Zé do Pátio, o Ministério Público induziu o Tribunal de Contas ao erro. Ou seja, como de costume, o prefeito se pôs como vítima e diz que está pagando por sua transparência.

Além disso, o gestor disse não saber o alvo da operação, pois, segundo ele, a licitação foi desfeita e não houve a compra dos materiais .

Operação

A Operação Stop Loss, Investiga as dispensas ilegais de licitação na aquisição de produtos utilizados no combate ao Coronavírus.

Foram afastadas dos cargos, a secretária municipal de Saúde, I.D.A. e a responsável pelo Departamento de Administração e Finanças da Secretaria, V.B.M.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *