https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/05/WhatsApp-Image-2020-05-28-at-10.39.55.jpeg

RODÍZIO DE CARROS E OUTROS

Emanuel Pinheiro deve excluir algumas medidas do novo decreto 

Com um recebimento negativo do novo decreto pela população cuiabana, o  prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) deve voltar atras e rever algumas medidas com o rodízios de veículos e de pessoas em estabelecimentos comerciais que passaria a valer a partir da próxima segunda-feira (06).

Este passo para trás foi tomada no mesma mesmo dia do novo decreto, na noite desta quinta-feira (2), devido a pressão dos segmentos econômicos. O toque de recolher a partir das 20h até 05h, que entra em vigor nesta sexta  até 20 de julho, está mantido.

As outras medidas previstas do decreto anunciado ainda estão em vigor, até novo pronunciamento do chefe do Executivo Municipal. A decisão deve ser anunciada nesta sexta (13) após reuniões com entidades empresariais.

A assessoria de imprensa da gestão do emedebista não confirma o recuo. A decisão judicial decretando lockdown na Capital continua valendo. Além disso, a Prefeitura reconhece como serviços essências os segmentos que constam no decreto do presidente da República Jair Bolsonaro.

“O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, reitera que manterá o diálogo com a sociedade em geral quanto ao decreto 7.975/2020 buscando sempre as melhores estratégias para o combate à disseminação da Covid19”, diz comunicado divulgado às 23h15.

Entenda as novas medidas aqui.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *