https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/09/Screenshot_1-19.png

PECULATO

Justiça aceita denúncia do MPF e Frederick Wassef vira réu

A Justiça Federal aceitou denúncia do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro contra o advogado Frederick Wassef.

A decisão é da juíza federal substituta Caroline Vieira Figueiredo.

A magistrada também aceitou denúncia do MPF oferecida contra Marcia Carina Castelo Branco Zampiron, a advogada Luiza Nagib Eluf, o empresário Marcelo Cazzo e o ex-presidente do Sesc do Rio de Janeiro Orlando Diniz.

Wassef é investigado pelo MPF e pela Polícia Federal por suspeitas de lavagem de dinheiro e peculato. Segundo investigações, o advogado teria recebido, de forma irregular, R$ 2,7 milhões de origem pública.

O montante teria sido obtido por meio de contratos realizados entre o escritório da ex-procuradora Luiza Nagib Eluf e a Fecomércio do Rio de Janeiro, segundo a PF. Ao todo, 26 pessoas, entre elas 23 advogados e o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, foram denunciadas.

Frederick Wassef atuou na defesa da família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) até junho deste ano, quando resolveu se afastar para, segundo ele, não prejudicar o presidente.

A saída de Wassef da defesa dos Bolsonaros ocorreu dias após a prisão de Fabrício Queiroz, investigado por suspeita de “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *