https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/08/Policia-Civil.jpg

TIRO NA CABEÇA

Polícia busca empresário suspeito de matar morador de rua em Cuiabá

reprodução

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando o assassinato de Cilce Pereira da Silva, de 63 anos, que vivia em situação de rua.

A vítima foi encontrada baleada em um terreno próximo da Rodoviária de Cuiabá, no Consil, na noite de sexta-feira (15).

Cilce chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo no Hospital Municipal de Cuiabá.

O principal suspeito de ter cometido o crime é o empresário Rafik Samir Feguri, 42, que está sendo procurado pelos investigadores.

A primeira chamada aconteceu por volta das 22h10, quando a Polícia Militar chegou no terreno baldio aos fundos do Hotel Skala, onde a vítima estava caída, com um tiro na região da cabeça.

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e o encaminhou para o Hospital Municipal de Cuiabá, onde o homem não resistiu e acabou morrendo quase 1h depois do da entrada na unidade de saúde.

Populares contaram que o autor do tiro é o empresário Rafik Samir Feguri, que teria discutido com a vítima antes do crime. No local, os investigadores da Delegacia de Homicídios encontraram o boné usado por Cilce no momento em que foi baleado.

Ele tinha uma perfuração do lado esquerdo e continha material encefálico. Entre os pertences da vítima, a polícia encontrou R$ 91 reais e uma porção de maconha.

As equipes lideradas pelo delegado Marcel Oliveira fizeram buscas pelo empresário, que é descendente de libaneses e dono de cervejaria, mas ele não foi localizado. O caso segue em investigação e denúncias podem ser feitas via 190 e 197.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 17 de janeiro de 2021 às 16:02:58