https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/11/bbaf56094fb12b87e47ee29318b42ea7.jpg

CONFIRMADO

1º caso de Coronavírus em Cuiabá; Santa Rosa confirma informações

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS/ LEONARDO MAURO E GABRIEL LUCAS
redacao@matogrossomais.com.br

Assessoria

Informações preliminares apuradas pela redação do Site Mato Grosso Mais, dão conta que, um paciente do sexo masculino, de 48 anos, foi testado positivo para o Covid-19, mais conhecido como Coronavírus.

A assessoria do Hospital Santa Rosa confirma a informação, realizada em uma primeira prova.

Segundo apuração, uma fonte, de dentro do hospital, confirmou o caso, e sabia que a informação iria “vazar”.

O paciente foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com informações emitas em nota, o paciente chegou da Itália recentemente e seu quadro de saúde é estável.

Conforme protocolo, o  mesmo está sendo monitorado em isolamento respiratório na Unidade.

Outras nove situações, são monitoradas no Estado, Lucas do Rio Verde (1), Araputanga (1), Cuiabá (6) e Nova Xavantina (1).

Um exame para contraprova será realizado ainda na tarde desta segunda-feira (16).

O Santa Rosa

Veja a nota na íntegra.

SES-MT

Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) divulga por meio de  nota de esclarecimentos nesta segunda-feira (16), que qualquer caso que for testado positivo para Covid-19 deve ser notificado no sistema de informação do Ministério de Saúde.

Para manter a autenticidade dos testes no setor privado de saúde a SES-MT recomenda que, “Os laboratórios privados precisam atender à metodologia de RT-PCR, preconizada pelo Ministério da Saúde e comprovada a validade por unidade de referência.”

Leia a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do Centro de Operações em Emergência em Saúde Pública (COE-MT), esclarece questões ligadas ao resultado positivo para SARS-CoV-2, veiculado na mídia nesta segunda-feira (16).

A SES informa que, para realizarem a análise para COVID-19, os laboratórios privados precisam atender à metodologia de RT-PCR, preconizada pelo Ministério da Saúde e comprovada a validade por unidade de referência.

Além disso, qualquer caso suspeito e/ou confirmado para COVID-19 deve ser notificado no sistema de informação do Ministério de Saúde.
 
Diante disso, o órgão estadual informa que o Laboratório Central do Estado de Mato Grosso (LACEN-MT) e a Vigilância em Saúde do Município e do Estado não receberam nenhuma amostra para a realização de contraprova e que a notificação do caso não consta em nenhum sistema oficial do estado.

Portanto, para a autoridade sanitária do Estado, o resultado positivo para COVID-19 somente será considerado após a realização de contraprova ou a apresentação de documento que valide o referido laboratório a realizar as análises.
 
A SES ainda enfatiza que todas as medidas para o esclarecimento do caso estão sendo tomadas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 17 de março de 2020 às 11:23:54
  • 16 de março de 2020 às 21:59:43