https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/04/TCH8710.jpg

NO 1º TRIMESTRE

Mais de 140 mil títulos foram encaminhados para protesto

Tchélo Figueiredo

No primeiro trimestre de 2020 a Procuradoria Geral do Estado (PGE), encaminhou para protesto 144.622 mil títulos relativos a contribuintes inscritos na dívida ativa.

Os débitos referem-se aos anos de 2015 a 2020 com data de constituição do crédito ocorridos há no máximo cinco anos, respeitando a não incidência da prescrição.

Foram direcionados débitos tributários, como IPVA, ICMS, ITCD-Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos. Há ainda a cobrança de dívidas não tributárias resultantes de procedimentos administrativos realizados em outros órgãos estaduais, como a Secretaria de Meio Ambiente, Procon e Tribunal de Contas (TCE).

Conforme levantamento da subprocuradoria-geral do Estado, o estoque da dívida é de R$ 55.655.935.734,97. Após inscrito em dívida ativa, a PGE encaminha a Certidão de Dívida ativa para o Cartório de Protesto de Títulos para que seja feito o protesto extrajudicial. O protesto extrajudicial poderá afetar o crédito no mercado, em razão do acesso dos dados pelos órgãos de proteção ao crédito, como a SERASA e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Se a pendência não for regularizada, o débito poderá ser encaminhado para ajuizamento da execução fiscal e a cobrança passa a ser feita perante o Judiciário, com a representação pela PGE.

A cobrança é feita por meio de notificação ao contribuinte e pode ser negociada geralmente na sede da procuradoria, Agências Fazendárias ou em unidades do Ganha Tempo em todo o Estado, porém, devido à pandemia do coronavírus, os atendimentos estão sendo realizados exclusivamente via internet e pelos canais de atendimento.

“Mesmo com as restrições de atendimento presencial, a subprocuradoria-geral fiscal da PGE vem dispondo de mecanismos para facilitar que o contribuinte acesse seus boletos de pagamento das dívidas tributárias. No entanto, entendemos que é um momento delicado economicamente e temos convicção que a sociedade mato-grossense saberá sair dessa situação que prejudica globalmente e a recuperação ocorrerá” reforçou o subprocurador-geral Fiscal, Jenz Prochnow Junior.

Canais de Atendimento 

Negociação web IPVA/Licenciamento

https://www.sefaz.mt.gov.br/sgda/pages/negociacaoIpva/principal.xhtml

Negociação dos outros débitos

[email protected]

div[email protected] – 65 99243-4802

[email protected] – 65 99246-8705

Atendimento por telefone

De segunda à sexta das 7:30 às 13:30

(065) 3613-5900 PABX

(065) 3613-0817 – 363-0819 – 3613-0831 3613-0829

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *