https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/08/9e2173bb2554c0c3cd86bd9435208175-1.jpg

PERÍODO PRÉ-ELEITORAL

Adversários não aceitam liderança de Emanuel, mas não comprovam falha em pesquisa

Instituto analisando

Alguns pré-candidatos a Prefeitura de Cuiabá, não aceitam a pesquisa estimulada e espontânea realizada pelo Analisando Instituto de Pesquisa e Opinião Pública e discordam da veiculação dos resultados nos veículos de comunicação, pedindo a retirada das informações. O fato é que ao mesmo tempo que contestam os dados, não conseguem apresentar números, levantamentos ou até mesmo uma pesquisa desqualificando os números apresentados pelo Instituto Analisando.

Enquanto se vê reclamação de um lado, sobra otimismo e comemoração do outro com a confirmação da esmagadora liderança do atual chefe do Executivo Municipal, Emanuel Pinheiro (MDB), que está bem a frente, em intensão de votos, dos demais concorrentes.

O vereador e pré-candidato Felipe Wellaton (Cidadania), usou um vídeo do seu colega o vereador Diego Guimarães, do mesmo partido, para atacar o Instituto Analisando e à secretária adjunta de Turismo, Christiany Regina Fonseca.

“Ao que tudo indica, instituto de pesquisa é de servidora do prefeito do Paletó! O vereador @diegoguimaraesmt denunciou e o partido Cidadania pedirá a Justiça Eleitoral que a pesquisa seja retirada de veiculação na imprensa”, escreveu Wellaton em sua rede social.

Já o vereador Abílio Júnior (Podemos), opositor ferrenho de Pinheiro, disse que a pesquisa não reflete o sentimento das ruas. Só que, também, o parlamentar não apresentou nenhum dado comprovando esse ‘sentimento das ruas’, apenas externando seus sentimentos e convicções.

Na pesquisa, Abílio tem 9,2% das intenções de votos e aparece na terceira colocação. Ainda assim, ele disse; “Não acredito nesses números, basta andar nas ruas para vermos a realidade. Pesquisa que o prefeito tá bem, foi feita por instituto que é da funcionária comissionada dá prefeitura. Será que é fake? Será que ta mentindo pra ele mesmo?”, escreveu Abílio em sua rede social.

A expectativa agora, é saber qual vai ser a reação dos pré-candidatos e vereadores de oposição a partir de agora, na busca de desqualificar os dados apresentados e diminuir o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), diante do eleitorado cuiabano.

Fontes desta redação, acreditam que um forte ataque nas mídias sociais devem acontecer nas próximas semanas com a intenção de combater os resultados divulgados pela imprensa local. Por outro lado, a prefeitura municipal de Cuiabá por meio da secretaria de comunicação, preferiu não pronunciar sobre o assunto.

No levantamento foi ouvido 1.119 em 98 bairros entre os dias 22 e 24 de agosto, e de acordo com a pesquisa o emedebista aparece com 38,1%, enquanto Felipe não chego a pontuar 1% no demonstrativo, que foi devidamente registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT), sob o número MT-06212/2020.

Leia mais sobre o assunto

Emanuel lidera em intensão de votos e é favorito à reeleição, diz pesquisa

Vereadores desmontam pesquisa onde Emanuel é favorito a reeleição

https://www.instagram.com/p/CEXRuj-BMqw/

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 27 de agosto de 2020 às 17:07:05
  • 27 de agosto de 2020 às 17:00:53