https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/05/mauro-mendes.jpg

TROCA DE FARPAS

Em entrevista, governador chama Emanuel Pinheiro de malandro de carteirinha

Lucas Ninno/Dayanne Dallicani

Em entrevista ao Programa Opinião, na noite de quarta-feira (10), o governador Mauro Mendes (DEM) chamou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) malandro de carteirinha. Essa é só mais uma da série de críticas trocadas entre os gestores, envolvendo o montante de R$ 41 milhões destinados ao combate da Covid-19.

Por telefone, Mauro contou que a situação o deixa chateado, já que é cuiabano e ex-prefeito da cidade. “Vivo aqui e fui prefeito da cidade. Como governador Tenho que olhar para o estado todo. Cuiabá, como capital, tem contrato com o Ministério da Saúde e com o Governo do Estado para ser gestora plena. Então, tem vários hospitais que estão sob a administração da prefeitura”, ressaltou.
Governador lembrou o caso da Santa Casa, filantrópico, que era administrado pelo município, mas que precisou de uma intervenção do Estado para não fechar. “Governo teve que assumir para não penalizar a população”.

Conversa fiada
Mauro continuo, dizendo que durante a pandemia, há muita conversa fiada, fato que tem o deixado irritado e chateado. “O prefeito, com todo respeito, é um maladro de carteirinha. Esse Emanuel Pinheiro, fala muito, mas não trabalha. Recebeu R$ 41 milhões até esses dias do Ministértio da Saúde para Covid e não abriu nenhum leito novo de UTI em Cuiabá”, disse.

Para o governador, Emanuel fica de conversa fiada para lá e para cá, jogando palavras ao vento. “Quero saber, prefeito, cadê os leitos de UTI? O que o senhor fez com R$ 41 milhões para a Covid? Onde o senhor aplicou esse dinheiro?”, questionou o governador, demonstrando preocupação.

“Um prefeito que fica com malandragem, mentindo, e sabe-se lá fazendo o que com esse dinheiro que chegou do Ministério para atuar no coronavírus”, finalizou.

Com Gazeta Digital

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 12 de junho de 2020 às 13:13:58
  • 12 de junho de 2020 às 03:43:49